PSB confirma saída de Izolda do MEC em junho para disputar a Prefeitura de Sobral.

 PSB confirma saída de Izolda do MEC em junho para disputar a Prefeitura de Sobral.
Digiqole ad

O PSB Ceará, por meio de publicação conjunta com portal de notícias oficial do partido, “Ceará 40 Graus”, confirmou nesta segunda-feira (20) que a ex-governadora do Ceará, Izolda Cela, deve deixar o Ministério da Educação (MEC) – onde ocupa o cargo de secretária executiva – até começo de junho para pleitear o Executivo de Sobral. Desde o ano passado, lideranças locais como o senador Cid Gomes (PSB) e o prefeito Ivo Gomes (PSB) têm destacado o nome de Izolda para a sucessão no Município. Recentemente, Ivo concedeu entrevista onde afirmou que ela é a “candidata natural” e que só não o seria se não quisesse.

“A ex-governadora deve deixar o cargo até o início de junho para se candidatar à Prefeitura de Sobral, conforme desejam Cid e Ivo Gomes”, destaca a publicação do PSB. O prazo determinado pela Justiça Eleitoral para que secretários disputem o cargo Executivo em ano de Eleições Municipais é de até quatro meses antes do pleito, neste ano, no dia 6 de junho.

 

O texto informa ainda que uma fonte próxima à ex-governadora afirma que Izolda é considerada o “nome ideal” para a “missão partidária”.

CAMILO QUER IZOLDA NO MEC

Na publicação, é dado destaque ainda para a fala do ministro da Educação e ex-governador Camilo Santana (PT) neste mês de maio, que declarou preferir que Izolda permaneça no MEC. “Embora o Ministro da Educação, Camilo Santana, tenha declarado que por ele Izolda permaneceria no ministério, ela não recusaria o chamado para assumir uma missão tão importante para seu grupo político, liderado pelo Senador Cid Gomes”, completa.

A fala de Camilo, além de ir de encontro com o que pleiteiam Cid e Ivo, vai na contramão do que já disse a secretária executiva no último mês de abril, em que afirmou que iria se desincompatibilizar da pasta. À época, ela destacou a candidatura em Sobral como possibilidade. No mesmo dia em que o ministro da Educação teceu o comentário sobre a possibilidade de desincompatibilização de Izolda, no entanto, a ex-governadora respondeu em tom de cautela sobre sua possível saída do MEC. “A gente ainda não tem plano não”, disse. Na ocasião, entretanto, ela afirmou ter recebido com “honra” as palavras do prefeito Ivo Gomes. “Ter uma indicação assim é uma possibilidade”, afirmou, ressaltando, no entanto, que está “realmente vinculada ao serviço” no MEC.

Além de Ivo e Cid, a deputada estadual Lia Gomes (PDT), irmã dos dois, concedeu entrevista ao OPINIÃO CE em que afirma que Sobral terá a sua primeira prefeita, se referindo a Izolda. Família importante no município, os três irmãos Ferreira Gomes já realizaram “várias reuniões” para discutir a candidatura, conforme destacou Lia.

Com informações de Opinião.Ce