Lula confirma reajuste ao salário mínimo, que passa para R$ 1.320

 Lula confirma reajuste ao salário mínimo, que passa para R$ 1.320

Real Moeda brasileira

Digiqole ad

O presidente Lula confirmou, nesta quinta-feira (16), que o governo vai conceder novo reajuste ao salário mínimo. Ele vai passar dos atuais R$ 1.302 para R$ 1.320 a partir de 1º de maio.

Em entrevista exclusiva à CNN, Lula disse ainda que a política de piso do mínimo que leva em conta o reajuste da inflação mais o PIB será retomada. Segundo ele, esse foi um compromisso firmado e que já está combinado com a equipe econômica.

“E é um compromisso meu com o povo brasileiro. Nós vamos acertar com o movimento sindical. Está combinado com o Ministério do Trabalho. Está combinado com o ministro (Fernando) Haddad. A gente vai, em maio, reajustar para R$ 1.320 e estabelecer uma nova regra para o salário mínimo, que a gente já tinha no meu primeiro mandato: ou seja, o salário mínimo terá, além da reposição inflacionária, ele terá o crescimento do PIB”.

Na entrevista que concedeu à CNN, o presidente também falou sobre o aumento da faixa de isenção do imposto de renda. A faixa de isenção vai passar para dois salários mínimos, o equivalente à R$ 2.640, já levando em consideração o novo valor. Hoje a faixa de isenção é de R$ 1.903,98.

“Vai começar, a partir de agora, nós vamos começar a isentar a partir de R$ 2.640. E depois, nós vamos, gradativamente, até chegar aos R$ 5 mil de isenção”.

O reajuste do mínimo é o que havia sido previsto no fim do ano passado e que acabou não sendo concedido porque o governo alegava que faltava recursos no orçamento. Agora, com o novo valor, o salário mínimo terá um ganho real, ou seja, já descontada a inflação, de 2,7%, segundo o INPC, se comparado com o valor do ano passado.

Fonte: Agência Brasil