Criança de 4 anos morre após ser atropelada, no Interior do Ceará; motorista fugiu.

 Criança de 4 anos morre após ser atropelada, no Interior do Ceará; motorista fugiu.
Digiqole ad

Uma criança de 4 anos morreu ao ser atropelada, na noite dessa segunda-feira (7), no bairro Boa Vista, em Ipu. Conforme a Autarquia de Trânsito do Município, a vítima estava acompanhada da avó, uma mulher de 44 anos, que também foi atingida pelo veículo. O motorista fugiu sem prestar socorro. Ele já foi identificado e é procurado pelas autoridades. 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informações preliminares indicam que a garota foi levada ainda com vida para o Hospital Municipal Doutor Jose Evangelista Oliveira, no bairro Reino de França, mas não resistiu às lesões e acabou falecendo. 

A Autarquia Municipal de Trânsito, Cidadania e Serviços Públicos de Ipu (AMCI) detalhou ainda que a familiar da vítima também foi encaminhada para a unidade de saúde e, em seguida, transferida para um hospital de Sobral. Não há informações sobre o atual estado de saúde dela.

A família preferiu não se manifestar sobre o caso, que classificou como um “momento de dor”, conforme declarou uma parente das vítimas.

A Polícia Militar do Ceará foi acionada e realizou diligências na região. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada para a ocorrência. 

A SSPDS informou que a Polícia Civil, através da Delegacia Municipal de Ipu, investiga as circunstâncias do homicídio culposo no trânsito e realiza diligências para localizar o condutor do veículo, que já foi identificado. 

DENÚNCIAS

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o (88) 3683-3911, da Delegacia Municipal de Ipu.

As informações ainda podem ser repassadas pelo número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Diário do Nordeste