Cid anuncia avaliação conjunta antes de cogitar deixar o PDT.

 Cid anuncia avaliação conjunta antes de cogitar deixar o PDT.
Digiqole ad

O senador Cid Gomes, em decalcarão ao Jornal O Globo, disse, nesta sexta-feira (27), que vai avaliar de forma conjunta a situação no PDT antes se cogitar a hipótese de deixar o partido.

“Sem nenhum motivo intervieram no diretório estadual, para você ver o absurdo a que se chegou no diretório Nacional. Eu vou procurar reunir as pessoas e informar o que aconteceu”, lamentou Cid ao fim do encontro, acrescentando que pretende “debater soluções conjuntas” antes de cogitar deixar a legenda.

Já o deputado federal André Figueiredo se antecipou para anunciar que não tem reconciliação com o grupo de Cid.

“Sem qualquer possibilidade de solução pacífica no Ceará porque existe, evidentemente, um grupo de pessoas que o senador Cid representa e que acha que, por serem majoritários em termos de deputados estaduais e federais, podem mandar e submeter todos os outros aos seus ditames. O PDT tem uma história de coerência, de defesa de seus princípios e nunca se entregou a quem está no poder”, disse André Figueiredo.

A Executiva Nacional do PDT decidiu, nesta sexta-feira (27), durante reunião no Rio de Janeiro, intervir no Diretório Estadual do partido no Ceará. A decisão já era esperada e representa uma vitória para o grupo liderado pelo ex-presidenciável Ciro Gomes.

Os pedetistas que participaram do encontro desta sexta alegam nos bastidores, que o clima esquentou entre os irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT). Os dois não se falavam desde agosto do ano passado.

A reunião foi marcada por momentos bastante acalorados e muito bate-boca, inclusive com “lavagem de roupa suja” entre os irmãos Ciro e Cid Gomes. Os dois chegaram a se levantar de suas cadeiras e discutiram na frente de todos.

Ceará Agora