Ibama devolve 600 animais à natureza, no Ceará
domingo, 18 de novembro de 201818/11/2018
Parcialmente nublado
Ashburn - VA
dólar R$ 3,74
euro R$ 4,27
Mega Byte
CEARÁ
Ibama devolve 600 animais à natureza, no Ceará
Os bichos estavam em recuperação após serem resgatados em operações contra crimes ambientais.
Santa Quitéria Notícias Santa Quitéria - CE
Postada em 20/10/2018 ás 07h37
Ibama devolve 600 animais à natureza, no Ceará


Cerca de 600 animais foram devolvidos à natureza ao longo desta semana no Ceará pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os últimos bichos foram liberados nesta sexta-feira (19).




Do total, 70% dos animais reinseridos ao meio ambiente são aves, 20% são répteis e 10% mamíferos. Eles estavam abrigados no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), após serem apreendidos em operações contra crimes ambientais.




As solturas aconteceram em pontos estratégicos do Ceará e de estados vizinhos, repatriando algumas das espécies.




Apreensões


A grande maioria dos animais liberados são encontrados em condições de vida precária, abaixo do peso e machucados. Eles são encaminhados ao Cetas para permanecerem em tratamento até recobrarem saúde para retornar à natureza.




Segundo o Ibama, o expressivo número de animais libertados reflete a recorrência dos crimes contra a fauna no Ceará. "Por outro lado, demonstra o esforço do Ibama para combater delitos e garantir a qualidade de vida dos animais e do meio ambiente", diz o órgão.





Casos de maus-tratos e venda de animais silvestres podem ser denunciados anonimamente por meio do telefone 0800.61.8080.



FONTE:
tags:
• Ceará
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô: