Secretaria de Agricultura do Estado reúne prefeitos para discutir plantio de algodão em 2019 nesta terça
Segunda, 19 de novembro de 201819/11/2018
Muito nublado
10º
Ashburn - VA
dólar R$ 3,74
euro R$ 4,27
Mega Byte
CEARÁ
Secretaria de Agricultura do Estado reúne prefeitos para discutir plantio de algodão em 2019 nesta terça
O secretário destaca que os produtores que aderirem ao programa
Santa Quitéria Notícias Santa Quitéria - CE
Postada em 28/08/2018 ás 09h31
Secretaria de Agricultura do Estado reúne prefeitos para discutir plantio de algodão em 2019 nesta terça

O secretário da Agricultura, Pesca e Aquicultura do Estado, Euvaldo Bringel, se reúne, nesta terça-feira, 28, em Fortaleza, com prefeitos e secretários municipais de agricultura para apresentar e discutir o planejamento do plantio de algodão em 2019.


Em entrevista aos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida na edição desta terça-feira, 28, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), Euvaldo, que participa, na manhã de hoje, de um encontro com lideranças do agronegócio estadual, na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC), em Fortaleza, destacou seu entusiasmo após a retomada do plantio do algodão no Estado.


O projeto do plantio do algodão no Ceará é desenvolvido em uma parceria entre Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura do Estado, Ematerce, Embrapa Algodão e outras instituições, reforçou Euvaldo.


Atrativos


O secretário destaca que os produtores que aderirem ao programa em 2019 ainda neste ano terão apoio de um pacote tecnológico, com sementes selecionadas e adaptadas ao clima semiárido, repassadas pela Embrapa. Além disso, Euvaldo lembra que os agricultores vão receber assistência técnica, incluindo técnicas de plantio da cotonicultura, preparação do solo para receber o algodão e garantia de compra após a colheita.


Competitividade


Euvaldo Bringel ainda pontuou que a produção algodoeira cearense é competitiva em relação a de outros estados. Ele cita, inclusive, que em Mato Grosso, um dos maiores produtores de algodão do País, são realizadas, em média, 20 pulverizações durante o plantio do algodão para evitar infestação de pragas, enquanto que, no Ceará, são feitas apenas duas.

FONTE: Ceara Agora
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô: